Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página

Notícias e Eventos

Cooperja e Epagri doam Biomassa de banana-verde para instituições da região

08/06/2020

Pensando em todos os benefícios nutritivos que a Biomassa de banana-verde possui e a capacidade de ajudar no aumento da imunidade, a Cooperja e a Epagri de Jacinto Machado, inspirados em uma ação da Epagri de Itajaí, se uniram e realizaram a fabricação do alimento. A atividade faz parte do Dia de Cooperar, idealizado e organizado pelo Sescoop/SC.

A doação do alimento está sendo realizada, preferencialmente, para instituições que atendem pessoas da terceira idade e da área da saúde. Desta forma, contribuindo para o enriquecimento da alimentação nesses locais.

Entre tantos benefícios, a Biomassa destaca-se por possuir boas quantidades de amido resistente, uma espécie de fibra que o aparelho digestivo não consegue digerir. Como este tipo de fibra não é digerida, ela serve de alimento para as bactérias benéficas do intestino e assim, contribui para o desenvolvimento da flora intestinal.

A Biomassa é neutra e não possui sabor expressivo, podendo ser usada em sucos, pães, bolos, risotos, feijão, sopas e doces. Ou seja, em qualquer preparo de comidas e bebidas.

Na tarde de sexta-feira (5), aconteceu no auditório da Cooperja a entrega do primeiro lote produzido, totalizando cerca de 10kg, para o Hospital São Roque de Jacinto Machado. Na ocasião estiveram presentes o presidente da Cooperja, Vanir Zanatta; a coordenadora social Elisabete Biz dos Santos; o presidente do Hospital, Donato Semprebom, a nutricionista da instituição, Jandrine Roque Bitencourt e; a Extensionista da Epagri de Jacinto Machado, Aline Hahn Fernandes.

Para Jandrine, a ação vai enriquecer ainda mais a alimentação oferecida pelo Hospital. “A princípio vou incluir a Biomassa nas refeições de todos os pacientes e funcionários. Desta maneira todos sentirão os benefícios que este alimento traz para saúde e imunidade”, declara Jandrine.

O presidente Vanir Zanatta destaca que esta é uma ação pontual, surgiu nesse momento de pandemia, mas que pode virar um bom negócio no futuro. “Temos alta produção de banana em nossa área de atuação. E precisamos regular os preços, para que toda cadeia da fruta ganhe e invista ainda mais na qualidade. Retirar produto da lavoura, quando a produção for maior que a demanda, ajuda os produtores. Vamos estudar mercado, custo-benefício e decidir. Mas,hoje nosso objetivo é a saúde, as pessoas, afinal o cooperativismo é feito de pessoas. E a cooperação, a parceria entre as entidades já mencionadas é um belo exemplo disso. Assim como determina o 7º princípio do cooperativismo: Interesse pela comunidade”, destaca o presidente.

Esta semana a Associação Hospitalar Nossa Senhora de Fátima, de Praia Grande/SC também receberá a Biomassa para incluir nas refeições oferecidas pelo Hospital.

As bananas utilizadas no processo são orgânicas, sendo o produto recebido de agricultores e comercializado pela Cooperja, com a marca Dona Elza.

Salienta-se que se alguma instituição tiver interesse em receber a doação de biomassa para inserir na alimentação, pode entrar em contato com a Coordenadora Social da Cooperja, Elisabete Biz dos Santos ou com a Extensionista Social da Epagri, Aline Hahn Fernandes.

 

Receita da Biomassa de banana-verde

  • Separe com faca as bananas-verdes não aclimatizadas do cacho com o cuidado para manter os cabinhos da banana; lave-as e higienize-as muito bem.

  • Coloque água em uma panela de pressão e adicione as bananas-verdes com casca, feche a panela e deixe adquirir pressão. Após o barulho típico da pressão, baixe o fogo e deixe por 08 minutos.

  • Desligue o fogo, não abra a panela, deixe perder a pressão naturalmente.

  • Destampe-a e descasque as bananas (ainda quentes) com o auxílio de um garfo. Em seguida centrifugue ou bata no liquidificador até formar uma pasta quente. OBS: No liquidificador, acrescentar um pouquinho de água fervente, para auxiliar a bater, sendo que forma uma pasta lisa e homogênea e pode ser pesado para o liquidificador, dependendo da potência.

Você pode conservar na geladeira por até 2 dias ou colocar no congelador por até 6 meses. Uma dica é colocar em forminhas de gelo. Assim você retira um “cubinho” de gelo de banana-verde sempre que necessitar.



 

 

Voltar

Mais Notícias

  • 13/10/2021 Cooperja é a primeira Cooperativa do Brasil a conquistar certificação em excelência no tratamento em sementes Saiba mais
  • 06/10/2021 Cooperja chega em São José dos Ausentes com a 14º loja agropecuária Saiba mais
  • 06/10/2021 Cooperja participa de dia de campo na Copérdia Norte Saiba mais